sábado, 5 de dezembro de 2009

CICLO DA REALIZAÇÃO


Muito tem se falado em sucesso e felicidade, existem inúmeros conceitos que os descrevem e até mesmo receitas para atingí-los. Atualmente estou lendo o livro do meu ex-professor Reinaldo Polito chamado "O que a vida me ensinou",  ele comenta em um dos trechos do livro que concorda com o psicoterapeuta Flávio Gikovate que diz que "entre outros motivos , é feliz a pessoa que consegue descobrir sua vocação profissional e tem condições de se dedicar a essa atividade".

Esta parte do livro me chamou a atenção, porque
quem assiste as aulas do professor Polito pode perceber que aparentemente ele faz isto sem a menor obrigação, muito pelo contrário dá para ver até que ele sente prazer em ministrar as suas aulas.

Consigo reconhecer isto também em outras pessoas com as quais tenho contato, quanto mais estas pessoas se identificam com as suas "vocações" ou podemos chamar de "trabalhos", aparentemente elas são mais felizes.

Por outro lado também conheço pessoas que na minha opinião teriam tudo para serem felizes, mas aparentemente não são. Como pode alguns artistas e celebridades que ganham muita grana se envolverem com drogas e muitas vezes darem declarações à imprensa de que não são felizes?

Acredito que exista um ciclo da realização:

  1. Encontre sua vocação/trabalho;
  2. Faça bem feito;
  3. Seja Feliz;
  4. Ganhe dinheiro.
Coloquei nesta ordem pela seguinte razão; quando você encontra a sua vocação você se entrega a ela, ou seja, você faz isto por prazer e quando fazemos algo por prazer não vemos a hora passar e trabalhamos até o ponto de nos tornarmos especialistas na atividade , a vocação mais o reconhecimento das pessoas/família geram felicidade e sucesso e quase na maioria das vezes esta dedicação traz dinheiro.

Bem, esta é a minha tese e tenho certeza que para muitos não faz o menor sentido e provavelmente estas pessoas tem as suas próprias "receitas", o ponto é que este ciclo está funcionando para mim e agradeço a Deus por ter encontrado a minha vocação, mesmo que eu esteja enganado e ainda vá encontrá-la no futuro sinto que já cheguei pelo menos na terceira fase, chamada felicidade.

Para mim não importa a forma, o que desejo é que você encontre a sua felicidade.

Forte Abraço,

Alexandre Silva


2 comentários:

Atitude...substantivo feminino. disse...

Siiimmmmm e o grande erro dos empresários hoje, em termos de contratação de equipe, é teimarem em contratar mão de obra ao invés de talento.
Esquecem que o bom vendedor vende naturalmente, o cantor canta no banheiro, o ator de teatro que morrer no palco, o cozinheiro se orgulha da satisfação dos que repetem o prato. É natural, é da pessoa, é talento.
Já viu jogador de campinho marcar gol contra só porque não ganha nada?
As pessoas precisariam de menos remédio tarja preta se pudessem fazer mais o que relamente fazem bem e gostam.
Um abraço!

Alexandre Silva disse...

Obrigado pela visia e comentário. Acabei de postar mais um artigo falando sobre dieta, quer opinar?
Abs,
Alexandre Silva